Home
O Brincar
Diferenciais
Serviços
Cursos
Condomínios
Empresas
Festas Infantis
Galeria
Contato

 O BRINCAR

Quem  olha para fora, sonha;
Quem olha para dentro, desperta.
(Carl Jung)

2-300x181

BRINCANDO APRENDO A SER EU

– Toda criança tem necessidade de se movimentar, para poder se relacionar com o meio, mas qual a importância e de que maneira o brincar auxilia no desenvolvimento das crianças?
No momento da brincadeira a criança desenvolve várias habilidades importantes: Correr, saltar, equilibrar e imaginação. Imagina que é um gigante ou príncipe ou até mesmo seu pai ou sua mãe. A brincadeira ajuda na parte afetiva na socialização e no crescimento dos pequenos. Hoje por conta dos avanços tecnológicos e da violência, temos visto cada vez menos crianças brincando nas ruas, o medo tem tomado conta das famílias, não nos sentimos seguros nem mesmo em nossas próprias casas, o que tem feito com que cada vez mais os jogos eletrônicos tomem conta da infância. Hoje eles mal sabem a falar, mas já sabem usufruir da tecnologia, esta por sua vez tem avançado para os jogos que necessitam do movimento para serem jogado, com o uso da internet pode-se jogar com crianças de qualquer parte do mundo, mas o movimento tem diminuído e com isso começamos a sofrer com o aumento da obesidade, pois já não vivemos em uma cultura de movimento.
A brincadeira não é algo inventado pelo homem moderno, segundo estudiosos, na antiguidade já existia a cultura do brincar.
Segundo Silva e Santos, (2009). “As brincadeiras são Universais, estão na historia da humanidade ao longo dos tempos, fazem parte da cultura de um País, de um povo. Achados arqueológico do século IV a. C., na Grécia, descobriram bonecos em túmulos de crianças”.
Através da brincadeira a criança casava, resolvia conflitos e se relacionava, aprendia a viver naquela sociedade onde o mais forte sobrevivia. Hoje não lutamos pela sobrevivência, mas precisamos nos relacionar com outras pessoas e nossas crianças quase sempre não brincam juntas, a não ser via internet, cada vez mais vemos crianças acima do peso, por falta de movimento.
O jornal Globo News, publicou no dia 30/08/2012 a seguinte noticia:
“Os casos de obesidade infantil quadruplicaram no Brasil. Hoje, uma em cada cinco crianças entre 5 e 9 anos está acima do peso normal para a idade.”
Quase sempre o momento que as crianças brincam são nas aulas de Educação Física, que tem duração de 40 minutos duas vezes por semana, o professor nem sempre se dedica ou não tem tempo nem material, para preparar uma aula onde a criança se movimente o máximo possível, e a criança volta para sala onde tem que ficar sentada sem muitas ações para não perder nem um detalhe do conhecimento que o levará para o sucesso futuro.
Parafraseando João Batista Freire, (1991). “A cada inicio de ano letivo, por ocasião de matricula, também o corpo da criança seja matriculado”.
A criança não deve deixar de fazer o que sabe fazer de melhor, se movimentar.
“Bloquear o corpo, significa bloquear as ideias, pensamentos e imaginação, pois a linguagem da criança e corporal”. Pereira, (2006).
Vamos trabalhar para que no futuro não tão distante aconteça a valorização pelo brincar, onde não vejamos nossas crianças como cérebros ambulantes, mas valorizemos o corpo que o carrega.
Por Cristiano dos Santos (Tio Goiaba)

Site Map